Etanol

O etanol de cana-de-açúcar é o biocombustível mais limpo do mundo, capaz de reduzir as emissões de CO2 (Dióxido de Carbono), em aproximadamente 90% quando comparado à gasolina, contribuindo ao combate do aquecimento global.

A fim de reduzir os níveis de emissão dos poluentes, tornou-se obrigatória a mistura de etanol à gasolina. Conforme a Lei N° 8.723, a mistura deve conter 27% de álcool anidro, que é produzido pela Zilor, assim como outros tipos de etanol.

Desse modo, o etanol que fornecemos contribui para um ar mais limpo e para a melhora da qualidade de vida de milhares de pessoas.

Etanol Anidro

Nosso etanol anidro é comercializado para as distribuidoras de combustível para ser adicionado à gasolina e contém em sua composição quase 100% de álcool, retirando praticamente toda a água da mistura. A combinação é feita em proporções distintas, de acordo com a legislação de cada país.

Esse tipo de etanol também é utilizado em tintas, vernizes, destilados, solventes, aerossóis, além de ser parte da composição da gasolina.

Etanol Hidratado

Nosso etanol hidratado é comercializado diretamente aos postos brasileiros para ser utilizado como combustível desde a década de 70, devido ao incentivo governamental do Programa Proálcool (1975), contendo em sua composição 95% à 96% de álcool e o restante de água.

Nosso etanol hidratado pode ser utilizado na composição de bebidas, alimentos, cosméticos, produtos de limpeza, remédios, entre outros.

O Brasil, por ser um país de clima tropical, possui vantagens com relação à geração de energia limpa e renovável e é o único país que utiliza esse composto como combustível, proporcionando preços mais acessíveis ao mercado.

Qualidade do nosso etanol

Nossos produtos atendem aos mais altos padrões e critérios de qualidade dos clientes. Investimos em certificações que permitem a comercialização do biocombustível para os mercados com exigências adicionais de descarbonização da matriz energética. Dessa maneira, nossos produtos acessam países como os Estados Unidos, Japão e Canadá.

Comercialização e Distribuição

Nosso etanol é comercializado e distribuído pela Copersucar, a maior empresa brasileira e uma das maiores exportadoras globais de açúcar e etanol, da qual a Zilor é acionista. Seu modelo de negócio é considerado único, com a estratégia de crescimento e a perenidade alicerçada na gestão da sustentabilidade.

A Copersucar faz a conexão entre usinas e clientes, comercializando o etanol em larga escala, além de realizar a operação logística com capacidade de integrar todos os elos da cadeia de valor.

Para atender aos padrões de qualidade e de sustentabilidade exigidos, a comercializadora desenvolve o projeto Evolução da Sustentabilidade, que avalia o desempenho das 35 usinas produtoras sócias.

Nossas três unidades foram classificadas no estágio avançado, o que comprova nossos esforços para a incorporação das melhores práticas socioambientais existentes em nossas operações agrícolas e industriais.

RenovaBio

Nossa companhia foi a primeira, entre as associadas da Copersucar, certificada para a emissão de CBIOs do RenovaBio

Os impactos das mudanças climáticas, provocadas pelo aquecimento global, passaram a ocupar uma posição central nas discussões sobre novos modelos econômicos e produtivos.

Em todo o mundo, a sociedade demanda a criação de novas soluções que, com menor emissão de carbono, possam atender as necessidades de energia, alimentos, bens de consumo e outros itens essenciais para a vida moderna.

Nesse cenário, os biocombustíveis ganharam ainda mais relevância. Amplamente difundido no Brasil, o etanol de cana-de-açúcar emite menos poluentes que a gasolina e tem um balanço de carbono praticamente neutro, uma vez que os canaviais absorvem CO2 da atmosfera durante seu ciclo de desenvolvimento.

Além disso, o produto pode ser utilizado na indústria química para a produção de biopolímeros que substituem as matérias-primas originadas do petróleo.

Para impulsionar a presença do etanol e de outros biocombustíveis na matriz energética, o Brasil instituiu o Programa RenovaBio, uma política pública alinhada à meta de descarbonização assumida pelo país como signatário do Acordo de Paris, em 2015.

A partir de 2020, as distribuidoras de combustíveis terão de cumprir metas de descarbonização mediante a aquisição de Créditos de Descarbonização (CBIOs), certificados emitidos pelos produtores de biocombustíveis que comprovam a redução das emissões de CO2 por meio de um processo produtivo eficiente e ambientalmente responsável.

Fomos a primeira entre as associadas da Copersucar a conquistar a certificação do RenovaBio. Nossas três unidades iniciaram, em 2020, as emissões dos CBIOs, que serão comercializados pela Copersucar S.A.

Quanto maior a eficiência energética para a produção dos biocombustíveis, maior a quantidade de CBIOs emitidos. Por isso, nossas iniciativas continuarão voltadas para a maximização da eficiência energética e redução das emissões de gases de efeito estufa em todo o ciclo produtivo.